Vivemos (n)um TEMPO “incrível”!

Esta afirmação na conjuntura actual pode, para alguns, não fazer qualquer sentido. Talvez porque tenham perdido recentemente o emprego, a sua condição de vida tenha piorado e esta não seja, definitivamente, a melhor das situações que já viveram. Se calhar até acrescentariam à afirmação, incrivelmente mau...

Para outros é tempo de férias, de quebrar a rotina diária e tirar algum tempo para descansar, para viajar, para ler um pouco mais e desfrutar.

As circunstâncias da vida de cada um podem tão facilmente determinar, se nós permitirmos, a atitude com que enfrentamos cada etapa, cada passo da nossa vida.

Esta semana ouvi alguém dizer a propósito da sua experiência como atleta, que antes de cada competição o seu treinador a advertia para o facto de que a postura e a atitude com que entrasse em competição determinaria a forma como a iria terminar. Isto é, o nosso mundo interior a moldar o nosso mundo exterior.

Em grande parte das situações tentamos, com os nossos próprios recursos, lutar por alcançar o que achamos que precisamos (e nem sempre precisamos realmente de tudo por que lutamos). Continuamos a esforçar-nos e quantas vezes, os resultados não chegam... É então que, em desespero, nos lembramos que não estamos sozinhos. De facto há Alguém que está desde o início a olhar para nós e à espera que paremos para que Ele possa ajudar-nos a resolver o "nosso problema".

A força e a coragem que precisamos para enfrentar cada situação da nossa vida, problemas, necessidades ou quaisquer outras adversidades, não têm nem devem de estar apenas fundamentadas no nosso próprio esforço.

Descansar em Deus não significa assumir uma atitude passiva mas sim deixar que a Sua paz entre no nosso coração e que nos dirija. Por vezes, é simplesmente receber a convicção do que é correcto, é deixar Deus fazer aquilo que naturalmente, pelas nossas forças ou diligências, não conseguiríamos fazer.

A nossa postura e atitude são uma expressão ou reflexo daquilo em que acreditamos! Acerca do Rei David foi dito: "David's victory came not because he fought well but because he believed well". David venceu não porque "lutou certo" mas decididamente porque "acreditou certo".

Quando colocamos o foco no lugar certo, acreditando que Deus está interessado em nós, que o Seu amor, capacidade e graça nos ajudarão a vencer qualquer situação adversa, então sim podemos olhar em frente e viver (n)um tempo incrível.

Go to top